Bio

Enviado por Programa Chuletas y clasificado en Biología

Escrito el en gallego con un tamaño de 6,3 KB

 
Reprodçao asssexuada-1 progenitor. Não há fusao de gametas. Mitose é o único processo de divisao celular que se verifica na r.assex. e assegura a continuidade genetica.
Estratégias: bipartiçao-separa-se nucleos e depois citoplasma. gemulação- formam-se gomos ou gemas que se desenvolvem e separam-se. Esporulaçao-formam-se esporos que dao origem a um novo individuo.ex:bolor. Multiplicação vegetativa-formam-se novos seres a partir de estruturas vegetativas, como raizes caules ou folhas. Fr a gmentação-Separação de fragmentos do corpo, originando cada fragmento um novo individuo por regeneração.Partenogénese-formam-se novos individuos a partir do desenvolvimento de gametas femininos.
Clonagem nas plantas-micropropagação em cultura in vitro.formam-se milhares de plantas a partir de uma só.
Vantagens-é utilizado um só individuo, seleccionado pelos seus caracteres. -Os caracteres pretendidos prevalecem em todos os novos individuos. -As plantas obtidas sao robustas e saudaveis.
Desvantagens-Requer uma tecnica especializada. -Equipamentos sofisticados.-Pessoal qualificado.-Aumenta a probabilidade de uma vasta plantação ser dizimada por parasitas.
Clonagem animal-A taxa de sucesso é pequena nascendo muitos individuos com deformaçoes.
Reprodução sexuada-ocorre fusao de gametas.Os descendentes apresentam caracteristicas comuns entre si e tambem com os progenitores. Fecundação e meiose-a célula resultante da fecundação é o ovo ou zigoto, que possui cromossomas homólogos(um par de cromossomas paterno e outro de origem materna. Todas as celulas como o ovo que possuam cromossomas homologos chamam-se celulas diplóides(2n). Após a meiose(redução cromossomica) ficamos com duas celulas haploides(n)(1 ) cromossoma de cada par cromossomas homologos .
Meiose-é o processo de divisao nuclear através do qual, a partir de uma celula com nucleo diploide se podem formar celulas com nucleo haploide.Ocorrem duas divisoes, I e II, dando origem a quatro nucleos haploides.A divisao I é precedida pela interfase.Durante a interfase no periodo s efectua-se a replicação de DNA constituinte dos cromossomas, e por isso no inicio da meiose cada cromossoma é formado por 2 cromatideos.




Mutações numéricas-anomalias em que há alteração do número de cromossomas.Podem ocorrer na divisao I , pela n separação de cromossomas homólogos ou entao durante a divisão II pela não separação de cromatídeos de cada cromossoma.
Mutações estruturais-envolvem alterações no nº ou no arranjo de genes, mas mantém-se o nº de cromossomas.
A variabilidade genetica de um individuo deve-se á meiose e á fecundação: -á meios e pq a separação dos cromossomas homólogos se efectua ao acaso e tambem devido ao fenomeno de crossing-over; -á fecundação pq ocorre da uniao ao acaso dos gametas com informação genética diferente.
Gónadas-estruturas onde sao produzidos os gametas. Os animais em que os testiculos e os ovários se encontram no mesmo individuo, sao hermafroditas.Unissexuados-os sexos estão separados.
Hermafroditismo suficiente-verifica-se autofecundação, isto é, a fecundação efectua-se por gâmetas produzidos pelo mesmo individuo. Hermafroditismo insuficiente -a fecundação ocorre entre esperatozoides e ovulos produzidos em idividuos diferentes.
Fecundação externa-efectua-se no meio liquido.Machos e femeas lançam gametas para o meio aquatico, onde os ovulos sao fecundados pelos espermatozoides.
Fecundação interna-Efectua-se no interior do organismo da fêmea.Parada nupcial-quando o macho tenta atrair a fêmea.
Nas plantas a estrutura onde sao formados os gametas designa-se por gametangios.Os órgãos reprodutores femininos são sao os carpelos e os masculinos sao os estames.Para que haja reproduçao tem de haver polinização.
Polinização directa-transporte de graos de polen para os carpelos da mesma flor. Polinização cruzada-para os carpelos de flores pertencentes a outras plantas da mesma especie.

Entradas relacionadas: